Grupo Orsa – Jari pagará os salários atrasados dos seus trabalhadores.

Dirigentes do Sinap e dos Sindicatos Locais que representam trabalhadores do Grupo Orsa reuniram-se na manhã desta quinta-feira, 9 de fevereiro, com Jorge Henrique, vice-presidente do Grupo Orsa, Antônio Carlos Aguiar, diretor Jurídico; Luiz Bezerra, diretor de RH e com Celma, gerente de RH.

Essa reunião foi marcada após insistentes solicitações do Sinap, com o objetivo de esclarecer boatos que punham em dúvida a boa saúde financeira do grupo.

“Jorge Henrique foi muito claro na reunião. Ele disse que a situação financeira da Orsa não é confortável, mas também não é desesperadora”, explica o presidente do Sinap, Luiz Carlos Ribeiro Monteiro. “A Orsa enfrenta alguns problemas de mercado, mas já está negociando os débitos com os credores. Fomos informados ainda que a empresa está buscando novas parcerias e procurando diversificar sua atuação no mercado”, completa Monteiro.

Entre as iniciativas do Grupo está a realização de alterações na Planta da Jarí, no Pará, através de uma parceria com capital chinês, para iniciar a produção de celulose solúvel. Além dessas, outras iniciativas serão realizadas.

Jorge Henrique afirmou ainda aos sindicalistas que a empresa cumprirá integralmente os compromissos sociais e econômicos, definidos em acordo coletivo, e que não há motivo para preocupação. Reiterou ainda que o pagamento de prêmio produção (PPR) será feito normalmente, a partir ainda deste mês de fevereiro.

“Ele foi taxativo ao dizer que o Grupo honrará todos os compromissos com os trabalhadores”, destaca Monteiro.

Um dos escritórios do Grupo Orsa em São Paulo. Detalhe é a utilização das madeiras do Jari como decoração.

Terceirizada NDR

O companheiro Silvano, representando o Sindicato Local do Pará/Amapá questionou ainda o atraso constante no pagamento dos salários dos trabalhadores que atuam na empresa NDR, Empreendimentos Florestais, terceirizada que presta serviços para o Grupo Orsa, na região do Jari.

Jorge Henrique garantiu ainda que o pagamento dos salários dos companheiros da NDR será feito no dia 17 de fevereiro, sem falta.

A palavra empenhada do presidente do Grupo e dos demais diretores da empresa tranqüilizou os dirigentes sindicais. Iduigues Martins, secretário de Relações Internacionais do Sinap, salienta: “O presidente do Grupo comprometeu-se a honrar todos os acordos assinados, mas de qualquer forma estamos atentos, realizaremos reuniões mensais, para avaliar a situação dos trabalhadores da Orsa”.

Sindicalistas

Os sindicalistas que participaram do encontro foram: Carlos Ribeiro Monteiro e Iduigues Martins, pelo Sinap; Silvano, presidente do Sindicato Local do Pará/Amapá; Arlindo, presidente do Sindicato Local de Manaus; Dirceu, presidente do Sindicato Local de Itapeva e Nova Campina (SP) e Marcelo Cavalheiro Mendes, presidente do Sindicato Local de Mogi das Cruzes e Região.

Os trabalhadores depois do acordo do Grupo Orsa.

Os 500 trabalhadores da “Lagarta Equipamentos” rejeitaram a contra proposta da empresa e continuaram parados. A empresa prometeu pagar os salários atrasados dia 17 próximo, mas não foi aceito, pois os trabalhadores querem pagamento imediato dos seus salários, a paralisação continuará por tempo indeterminado, fala um dos sindicalistas envolvido na greve.

Fonte: Francisco Pirico.

Categorias: Vale do Jari | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Jari News o melhor canal de notícias do Vale do Jari.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: