Cidade portuguesa de Almeirim situada no meio da Amazônia.

Os fundamentos do atual município de Almeirim, situado na zona fisiográfica da Baixo Amazonas, foram lançados pelos frades capuchos de Santo Antônio, e fundaram, juntamente com os índios descidos do centro, a Aldeia do Paru. Ela prosperou, inclusive, quando uniu-se à taba dos índios do Rio Uacapari.

Manoel da Mota e Siqueira, objetivando defender o território, construiu à margem esquerda do Rio Amazonas, no local onde se encontra a Sede Municipal, um forte de pedra e barro, denominado forte do Paru. Essa iniciativa foi um dos principais fatores do desenvolvimento do povoado Aldeia do Paru.

Em 1758, por ato do Governador e Capitão-General, Francisco Xavier de Mendonça Furtado, adquiriu categoria de Vila, passando a chamar-se Almerim. Entretanto, na época da Independência veio a ser extinta, em virtude da preocupação do Governo da Capitania de alargar os domínios coloniais portugueses, para o Alto Amazonas.

Em 1835, Almerim foi palco de Cabanagem, que assolou o interior da Província.
Com o advento da República, em 1890, readquiriu categoria de Vila e também de município. Porém, em 1930, o então município foi extinto, sendo seu território anexado ao de Prainha, onde se restabeleceu no mesmo ano.

Os habitantes do lugar recebem a denominação de “almeirinenses” e os navios “paraoais”.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído do distrito sede.

A lei estadual nº 8, de 31-10-1935, menciona todos os municípios do Pará, figurando entre eles o de Almeirim.

Em divisões territoriais datadas de 31-12-1936 e 31-12-1937, o município aparece constituído de 4 distritos: Almeirim, Boca do Braço, Santana do Cajari e Santo Antônio de Caracuru.

Pelo decreto-lei estadual nº 3131, de 31-10-1938, é criado o distrito de Arumanduba criado com território do extinto distrito de Santana do Cajari. Sob o mesmo decreto extintos os distritos Boca do Braço e Santo Antônio de Caracuru e anexado ao distrito de Arumanduba.

No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 2 distritos: Almeirim e Arumanduba.

Em divisão territorial datada de 01-07-1960, o município é constituído de 2 distritos: Almeirim e Arumanduba.

Pela lei estadual nº 5075, de 02-05-1983, é criado o distrito de Monte Dourado e Anexado ao município de Almeirim.

Em divisão territorial datada de 18-08-1988, o município é constituído de 3 distritos: Almeirim, Arumanduba e Monte Dourado. Assim permaneceu em divisão territorial datada de 2005.

 

Fonte: City Brazil

Categorias: Vale do Jari | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Jari News o melhor canal de notícias do Vale do Jari.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: