Pro Paz integra campanha de combate ao abuso e exploração sexual em Almeirim

Rosana Rojas é a delegada que atua no Pro Paz por meio da Delegacia de Atendimento à Criança e Adolescente (Data)

 

“É um erro da carne, do desejo. E com o tempo você descobre que isto não é digno. Não é de Deus. Não é uma relação de pai e filha, hoje me arrependo muito do que fiz”. A frase é de Edione Leão de Souza (32), preso em flagrante no início deste mês em Almeirim por abusar sexualmente, por quase três anos, da filha. Para combater este tipo de crime é que órgãos do Governo do Estado do Pará, em parceira com o Pro Paz Cidadania Presença Viva trabalham de maneira integrada para fortalecer a proteção e evitar o abuso e a exploração de milhares de crianças e adolescentes paraenses.

 

 

No Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, lembrado nesta sexta-feira (18) em todo o território nacional, centenas de pessoas foram às ruas de Almeirim, no oeste do Estado, pedir paz, carinho e respeito aos pequenos.

 

 

Amanda da Silva é uma das crianças que já foram atingidas pelo trabalho de prevenção nas escolas

Desde cedo, Amanda da Silva (10) tem na ponta da língua as orientações que toda criança precisa saber para evitar um possível agressor. “Quando uma pessoa estranha te chamar dando bombom ou dinheiro não vá, mesmo que seja um conhecido. E se você vê algum ato de abuso avise para a polícia. Se acontecer com você conte para alguém da sua família, não esconda por muitos dias”, afirmou a menina, durante apresentação da escola na Praça do Centenário, no centro do município.

 

 

Com um triste histórico na família, a estudante Amanda Camila Lopes (17), contou que seu avô foi preso e, em seguida, solto por acusação de pedofilia. “Tenho orgulho de vir hoje nesta campanha pedir que protejam seus filhos. Meu avô era pedófilo e enquanto não o denunciaram, não sabíamos o risco que estávamos correndo. Quando minha mãe descobriu não deixou que se aproximasse de nossa casa. Eu amo muito meu avô, mas se ele chegar perto de mim ou de minha irmã, que tem apenas 13 anos e é muito bonita, eu mando ele pra cadeia novamente”, ameaçou a estudante.

 

 

Integração e combate

 

 

O trabalho realizado pela caravana Pro Paz Cidadania e as secretarias de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh); de Assistência Social (Seas) e Saúde (Sespa), acontece durante todo o ano nos 144 municípios do Pará. A parceria dos conselhos tutelares, promotorias, juizados e delegacias especializadas também compõe esta rede. “Trabalhamos com a finalidade de divulgar a rede de proteção de crianças e adolescentes vítimas de abuso e exploração sexual, através de palestras para todos os agentes que a compõem, de modo que a denúncia chegue rapidamente aos órgãos competentes e seja encaminhada da maneira devida, a fim de que possamos combater esta cultura criminosa”, informou Rosana Rojas, delegada que atua no Pro Paz por meio da Delegacia de Atendimento à Criança e Adolescente (Data).

 

 

Uma grande caminhada e uma programação especial marcaram o dia de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

A Secretaria de Assistência Social do Pará (Seas) integrou a campanha nesta sexta-feira (18) com o objetivo maior de fortalecer o que já vem acontecendo durante todo o ano. “Nós, como coordenadores de políticas públicas de assistência, estamos diretamente nos municípios acompanhando crianças, adolescente e as famílias que enfrentam este mal”, defendeu a assistente social Soraia Reis, da Seas. Ainda segundo a assistente, “prevenir e sensibilizar são as maneiras encontradas para combater estas ações criminosas”.

 

 

Em todo o país mais de 5 mil municípios se mobilizam para fortalecer suas redes de proteção, valorizar o Estatuto da Criança e do Adolescente e legitimar o poder das autoridades diante de crimes e criminosos silenciosos, que todo dia acabam com infâncias inocentes e marcam crianças e adolescente para toda vida. Em Almeirim o número de casos de abusos não são tão grandes ou a sociedade ainda não adquiriu o hábito de denunciar.

 

Fonte: Agência Pará de Notícias

Categorias: Vale do Jari | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Jari News o melhor canal de notícias do Vale do Jari.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: