Governador inicia parceria com Grupo Orsa para desenvolver o Sul do Amapá

O caminho para o desenvolvimento do Sul do Amapá começa a ser discutido pelo governo do Estado e o Grupo Orsa. O governador Camilo Capiberibe reuniu nesta quarta-feira, 23, com o presidente do Grupo, Sérgio Amoroso, e deram encaminhamento à parceria que pretende resolver o problema de regularização fundiária do Vale do Jari e, a partir dela, iniciar o planejamento para o desenvolvimento de ações nos setores agrícolas e de agroindústrias da região. A principal preocupação das partes é que a irregularidade das terras impossibilite os investimentos públicos e privados para o crescimento de negócios agrícolas de todos os portes.

O Grupo Orsa é um dos maiores do Brasil no setor de madeira, celulose e papel, com atuação também no mercado de produtos florestais não madeireiros. É referência mundial em manejo sustentável pela experiência produtiva no Vale do Jari, localizado entre o Pará o Amapá. A empresa tem 42 glebas de terras no Amapá, entre as quais 27 estão tituladas. Restam ainda 15 dependendo da liberação do GEA. A pendência do Estado com a empresa é que grande parte dos agricultores da região cultivam seus produtos em área pertencente à Jari Celulose, que faz parte do Grupo Orsa.

Durante o encontro, ficou evidente o interesse do GEA e dos empresários em fazer um encontro de contas para que o problema seja solucionado, e as discussões para o desenvolvimento econômico da região seja realidade. Com a equalização, o processo de regularização vai beneficiar o Estado, a empresa e, principalmente, os agricultores, que terão as terras asseguradas, em condições de trabalhar e gerar benefícios próprios e para a comunidade em geral.

Como encaminhamento da parceria, o governador Camilo assina, nesta quinta-feira, 24, o Acordo de Cooperação Técnica com o Grupo Orsa, que prevê o desenvolvimento comum de ações e negócios sustentáveis para o fortalecimento da região Sul do Estado. Na sexta-feira, 25, o governador e sua equipe fazem uma visita técnica em Monte Dourado, onde está implantado o Projeto de Manejo Florestal do Grupo Orsa.

“Estamos começando uma parceria. Temos intenções em comum para o desenvolvimento do Sul do Amapá e a regularização de terras é o primeiro passo. Amanhã vamos conhecer de perto esse projeto de manejo sustentável”, disse o governador.

“Somos uma empresa que prima pela responsabilidade social, o que está de acordo com a política deste governo. Com a regularização, os agricultores familiares terão segurança, assim como nós, que vamos ter aval jurídico para implantar novos projetos de geração de renda, além de aumentar a arrecadação de impostos”, finalizou Sérgio Amoroso.

Fonte: Mariléia Maciel/Secom

Categorias: Amapá, Vale do Jari | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Jari News o melhor canal de notícias do Vale do Jari.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: