Policiamento comunitário reduz violência e consolida integração social em Laranjal do Jari

O município de Laranjal do Jari, que já foi considerado o mais violento do Estado do Amapá, teve uma redução de 80% nos índices de criminalidade no bairro das Malvinas e de 60% no seu entorno. A queda na incidência de crimes, principalmente de homicídios, roubos e tráfico de drogas, deve-se à implantação da primeira Unidade de Policiamento Comunitário (UPC), instalada no bairro das Malvinas, em dezembro do ano passado.

A redução da violência em Laranjal do Jari foi comemorada pelo secretário de Estado da Justiça e Segurança Pública, Marcos Roberto Marques, em reunião com o capitão PM Waldez Balieiro, comandante da UPC. “Esses resultados estão além das nossas expectativas. Em oito meses conseguimos uma queda expressiva nos índices de criminalidade, principalmente os homicídios, roubos e tráfico de drogas, e garantimos a integração das forças de segurança com a comunidade”, afirmou.

Após percorrer os bairros das Malvinas, Mirilândia e Santarém, área de influência da UPC, o secretário Marcos Roberto disse estar convicto de que a confiança da população é a mola propulsora da política de segurança comunitária adotada pelo governador Camilo Capiberibe.

Marcos Roberto lembrou que a polícia interativa havia sido um dos pilares da gestão do então governador, e hoje senador, João Alberto Capiberibe. “Após cair no ostracismo, a polícia interativa foi reativada com sucesso no governo Capiberibe”, destacou o secretário. Ele acrescentou que até o final do ano a experiência bem-sucedida em Laranjal do Jari será estendida a Macapá e Santana.

Integração social

Ao fazer o balanço de seis meses de funcionamento da UPC de Laranjal do Jari, o comandante da unidade, major Waldez Balieiro, ressaltou as ações de combate à criminalidade. “A aproximação dos moradores permitiu a integração e garantiu a eficiência do policiamento comunitário”, salientou o oficial.

Segundo o major Waldez, a queda no número de homicídios, roubos e no tráfico de drogas é o resultado do policiamento ostensivo em becos e palafitas, com a prisão de foragidos. Além disso, foi intensificado o policiamento preventivo no centro comercial de Laranjal do Jari.

O comandante da UPC explicou que aproximação com a comunidade do bairro das Malvinas se deu por meio de programas como o Proerd. Projetado para atender cerca de 3 mil estudantes ao ano, as palestras sobre a prevenção ao uso e abuso do álcool e de entorpecentes, em 2012, já alcançaram 860 alunos do ensino fundamental da Escola Estadual Irandir Pontes, com a parceria da Guarda Municipal de Laranjal do Jari.

Entre as iniciativas de maior impacto, o major Waldez destacou o programa Arte Musical, com aulas de flauta e violão para 50 crianças e adolescentes; o programa Educação Pré-Escolar, em parceria com a Igreja Missão Batista, com reforço no aprendizado de crianças na faixa etária de 4 a 8 anos; além do programa Esporte é Saúde, com a participação de 200 crianças em treinamentos e competições de voleibol, tênis de mesa e futsal.

Biblioteca e mediação de conflitos

O arco de ações sociais da UPC é completado pela biblioteca comunitária, instalada no bairro das Malvinas. “Com doação de livros, a biblioteca comunitária atende diretamente a 400 crianças e adolescentes, e também os adultos, que antes não dispunham de condições para aprimorar os estudos e o conhecimento”, pontuou o major Waldez.

Com o aval do secretário Marcos Roberto Marques, o major Waldez Balieiro garantiu que até o final do ano será instalada na UPC de Laranjal do Jari o primeiro Núcleo Comunitário de Mediação de Conflitos. “Com o apoio do Ministério Público e a formação de mediadores, nosso objetivo é evitar que desavenças e pequenos atritos entre vizinhos ou até conflitos nas escolas se transformem em grandes problemas”, concluiu.

Fonte: Regis Sanches/Sejusp

Anúncios
Categorias: Laranjal do Jari, Vale do Jari | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Jari News o melhor canal de notícias do Vale do Jari.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: